“Sorria, você está sendo filmado!”, quem não se lembra desta frase?

Há alguns anos era comum que os estabelecimentos comerciais e condomínios dispusessem da famosa placa em seus ambientes para que as pessoas soubessem que havia câmeras de segurança nos locais.

 

Com mudanças tecnológicas mais velozes, os equipamentos se modernizaram e o digital ganhou novos espaços no nosso dia a dia e passou a fazer parte de diferentes áreas relacionadas à segurança. Surgiram então novos modelos, softwares e funcionalidades.

O sistema de monitoramento de câmeras é conhecido como vídeovigilância, interligado ao CFTV (Circuito Fechado de Televisão), que é sistema de monitoramento interno composto por câmeras instaladas em locais estratégicos e conectadas a um gravador, possibilitando o acompanhamento local e remoto das imagens em dispositivos móveis ou desktop.

Quando se fala neste modelo, ele funciona por meio de um controle de vídeo, formado por uma ou mais câmeras que captam imagens de um determinado espaço, seja ele interno ou externo, por um período de tempo, limitado ou não.

O funcionamento destes sistemas varia, mas no geral, ele ocorre por meio de softwares específicos conectados à internet para permitir o controle de câmeras e o monitoramento das imagens à distância e em tempo real.

Na Eccellenza, cada câmera conta com o seu próprio IP que permite a conexão direta com internet por cabeamento de rede ou wi-fi. Agregado ao sistema de CFTV, as câmeras contam com Imagens Full HD (1080P) ou até 4K em alguns modelos; sistema digital de transmissão sem perda de qualidade, permitindo o uso de zoom nas imagens preservando os seus detalhes; recursos avançados como reconhecimento facial, contagem de pessoas e mapa de calor; além do acesso às imagens em tempo real através do celular.

Também já existem modelos de câmeras sem fio com energia solar, cujo equipamento é à prova d’água e possui painel solar para carregamento das baterias internas. Neste caso, são ideias para os ambientes externos. Elas funcionam sem a necessidade de fios e cabos de energia e utilizam conexão wi-fi para transmissão das imagens em HD. Seu grande diferencial está em economizar energia, pois ela permanece em stand-by e só grava imagens a partir da detecção de movimentos pelo sensor infravermelho.

Por que investir em um sistema de vídeovigilância?

Investir na instalação do sistema de vídeovigilância é uma das maneiras de controlar o que acontece no estabelecimento comercial, nas residências e nos condomínios. Não faltam razões para contar com esta proteção no seu espaço.

Você inibe tentativas de furtos e roubos, permite a rápida identificação de possíveis ações criminosas, fornece provas de qualquer ato criminoso, detecta objetos removidos ou retirados do seu local e identifica placas de veículos, assim como entradas e saídas automatizadas de carros.

Quando você investe em tecnologia, você se permite viver com mais tranquilidade. Se você ficou interessado em como fazer a instalação na sua casa ou negócio, ou têm sugestões de temas para o blog, entre em contato comigo, clicando aqui.

Carlos Alberto Silva Sobrinho
Consultor de Segurança
Diretor administrativo e operacional

Deixe um comentário