Qual é o conceito de segurança eletrônica?

O primeiro artigo do nosso blog tem o propósito de apresentar o conceito de segurança eletrônica, explorar os serviços que oferecemos e ainda conhecer a história das câmeras de segurança e os benefícios deste investimento. Siga a leitura!

De modo geral, quando alguém diz que se sente em segurança, isso significa que a pessoa se sente livre de perigos, incertezas ou danos. Ela fica tranquila, sem preocupações e consegue aproveitar qualquer momento sem interferência. Um dos caminhos para garantir a sensação de confiabilidade é por meio da segurança eletrônica.

O que é segurança eletrônica?

Segurança eletrônica pode ser definida pela proteção promovida por dispositivos e sistemas eletrônicos com objetivo de dificultar, inibir, detectar, desencorajar e por vezes impedir uma ação criminosa sem a necessidade da intervenção humana direta.

Apesar da segurança pública ser responsabilidade do Estado, não é possível contar só e exclusivamente com a mesma. Os sistemas de segurança eletrônica complementam o trabalho da polícia tanto para a segurança privada como na segurança pública.

No passado, o sistema que ganhou notoriedade foi o CFTV (Circuito Fechado de TV), conhecido por utilizar as câmeras na captação, e exibir as imagens de um circuito interno em um monitor. Hoje em dia, a tecnologia e os sistemas se modernizaram, tornando-se digital e integrado. Ou seja, ao invés das imagens serem exibidas apenas em um monitor de TV, elas passaram a serem vistas em tempo real através de aparelhos celulares, tablets ou notebooks – tudo veiculado à internet.

A história das câmeras

Foi por volta da década de 1960 que as câmeras de segurança foram instaladas nas ruas de Nova York, nos Estados Unidos. Na época elas não eram tão tecnológicas – precisavam ser monitoradas 24 horas, já que as imagens não ficavam armazenadas.

Em 1970, o surgimento das fitas cassetes possibilitou o armazenamento das imagens. No entanto, o estoque de fitas era imenso pois para cada fita, só era possível gravar três horas.

Na década de 1990, houve o maior salto tecnológico das câmeras de segurança, já que surgiu um pequeno sistema que permitia gravar imagens de várias câmeras de circuito. A partir daí, surgiram as primeiras câmeras blindadas.

A partir de 2009 até os dias de hoje, as câmeras já possuem uma captação de imagens em alta resolução, captação com maior alcance, reconhecimento de movimento e visão noturna.

Por que é importante instalar as câmeras de segurança?

Conhecer a evolução das câmeras de segurança permite compreender as funções que ela exerce, bem como identificar como elas fazem a diferença no seu dia. Com tantas preocupações diárias, há pessoas que passam mais tempo fora de casa do que em seu interior.

Por esse motivo, elas têm optado cada vez mais em utilizar câmeras nos ambientes residenciais, para trazer mais segurança aos familiares, garantindo tranquilidade em viagens e inibindo possíveis imprevistos de pessoas má intencionadas, além de reunir provas caso haja necessidade.

Vale ressaltar que o sistema CFTV ainda é o mais usado no Brasil, contando com excelentes resultados para pontos comerciais ou residenciais. A evolução da segurança eletrônica é um processo que continuará acontecendo por conta das transformações tecnológicas e nós seguimos acompanhando essas modernizações para garantir novas alternativas de adaptações aos clientes.

Conheça os serviços da Eccellenza

Se você se interessou pelo tema e quer saber o processo para instalar as câmeras de monitoramento, clique aqui e conheça nossas opções de serviços. A Eccellenza é uma empresa com mais de 24 anos no mercado atuando para proporcionar segurança a sua família e ao seu patrimônio.

Carlos Alberto Silva Sobrinho
Consultor de Segurança
Diretor administrativo e operacional 

Deixe um comentário